Cursos de Mestrado em Moçambique

Mestrado em Biologia Marinha e Gestão das Pescarias

Curso de Mestrado em Biologia Marinha e Gestão das Pescarias

Instituição e Local do Ensino: UEM, Escola Superior de Ciências Marinhas e Costeiras, Quelimane.

Apresentação do Curso

Introdução

A região Sudoeste do Oceano Índico (SOI) concentra mais de 107 milhões de habitantes, dos quais 47% representa a população que vive num raio não superior a 100 km da costa. Para esta população a actividade pesqueira desempenha um papel crucial, contribuindo não só para o abastecimento alimentar, mas também como um importante vector que abri uma serie de oportunidades, desde os postos de emprego, até a geração de renda para as famílias.

Apesar desta grande importância social e económica que o mar e as zonas costeiras providenciam através de grandes pescarias de alto valor económico como o caso de Atum, Camarão, lagosta, entre outros, há vários desafios que ameaçam a sustentabilidade desses recursos e dos ecossistemas associados em geral.

Entretanto, uma vez os recursos costeiros e marinhos, estando numa situação de um declínio contínuo em termos de quantidades, devido a crescente pressão humana e industrial, há que se ter em conta uma boa coordenação e planificação ao nível da região para reverter este cenário, e para melhor efeito são cada vez mais necessários profissionais capacidades com uma formação multidisciplinar em matéria de gestão sustentável dos mesmos recursos, com vista a intervirem nas diferentes áreas de conhecimento tais como: Biologia, Economia, Sociologia e/ou direito.

Por outro lado, dado o alcance internacional do meio ambiente marinho, há que se estabelecer um método e linguagem comum para ser usado entre os especialistas dos diferentes países que partilham os recursos pesqueiros. Nesta perspectiva, formar especialistas que possam, a partir dos seus países, contribuir para facilitar a busca de medidas de cooperação para beneficiar a todas as partes interessadas, é, sem dúvida, o grande desafio, que este curso de Mestrado em Pescarias Sustentáveis irá abordar e minimizar.

Objectivos do curso

O curso de Mestrado em Pescarias Sustentáveis visa:

– Proporcionar um alto nível de especialização aos mestrandos em questões relacionadas com a biologia, economia e gestão das actividades de pesca, para que estes possam responder:

(i) às necessidades dos países localizados no Sudoeste do Oceano Índico no que diz respeito ao aproveitamento integral e sustentável, e

(ii) a necessidade de mitigação e adaptação em relação aos efeitos de eventos extremos oceânicos e meteorológicos;

Competências específicas

– Aprofundar os conhecimentos sobre o sistema de pesca, mecanismos de exploração, comercialização e gestão, com ênfase especial na perspectiva da avaliação dos recursos e sobre a interpretação económica das questões de pesca na região Sudoeste do Oceano Índico;

– Desenvolver uma visão multidisciplinar da gestão das pescarias a partir da perspectiva de diferentes ciências, tais como a biologia, economia, direito, sociologia, e a aquacultura;

– Aprofundar os conhecimentos e adquirir experiência sobre a abordagem ecossistémica da gestão das pescas, co-gestão, comércio de peixe, comercialização do pescado e, perspectivas sociais ao nível regional e internacional;

– Desenvolver competências de investigação científica que o permitam iniciar e realizar uma pesquisa, aplicando não só o rigor científico, mas também os conhecimentos, aptidões e habilidades adquiridas no tratamento de problemas reais relacionados com a economia e a gestão das actividades de pesca;

– Desenvolver competências que habilitem a assegurar a avaliação e a tomada de decisões na gestão ambiental dos recursos aquáticos utilizando metodologia científica e critérios técnicos;

– Aprofundar conhecimentos sobre a melhoria da qualidade do pescado, bem como o desenvolvimento de projectos de instalações beneficiadoras de pescados;

Perfil ocupacional do graduado

Um mestre formado em Pescarias Sustentáveis estará habilitado a desenvolver as suas actividades como técnico superior, gestor, conselheiro e consultor nos seguintes sectores:

– Ministério de tutela responsável pela área de pescas;

– Instituições ambientais de conservação da natureza;

– Nos parques e reservas aquáticas;

– Centros e instituições de investigação e extensão;

– Empresas de processamento, conservação e comercialização de pescado;

– Academias públicas e privadas;

– Empresas de aquacultura;

– O sector do turismo;

– Emprego próprio (empreendedores) nas áreas de consultorias do sector pesqueiro;

– Outras áreas ligados ao sector pesqueiro.

Público–alvo

Podem candidatar-se ao curso de Mestrado em Pescarias Sustentáveis na Escola Superior de Ciências Marinhas e Costeira:

– Estudantes nacionais, e;

– Estudantes internacionais.

Para estudantes nacionais, é elegível, quem tiver completado o primeiro ciclo de formação no ensino superior nas áreas de Ciências Naturais, ou Ciências Sociais. Na área de Ciências Sociais qualificam-se os graduados dos cursos de Agro-negócio, Ecomomia, Economia Agrária, Geografia, Gestão e liderança, Organização e gestão da educação, Comércio, e Sociologia. No entanto, será dada preferência aos graduados em Ciências Marinhas, Pescas, Aquacultura, e Biologia.

Para estudantes internacionais, são encorajados a candidatarem-se para frequência do curso, devendo neste caso cumprir com todos os critérios e requisitos expostos anteriormente, e tomar em consideração o seguinte:

– A língua a ser usada no presente curso é a Língua Portuguesa. Entretanto, a Língua Inglesa será usada nalguns casos em que os docentes são visitantes e que não se expressam fluentemente pela Língua Portuguesa;

– Não será exigido nenhum teste de proficiência na Língua Portuguesa, mas espera-se que os estudantes sem domínio desta língua frequentem a título individual um curso para desenvolver habilidades básicas da Língua Portuguesa;

– Ambos estudantes Nacionais e Internacionais podem beneficiar de um plano de mobilidade para frequentar alguns cursos nas Universidades regionais que oferecem programas similares tais como Universidade de Dar-es-Salam (Tanzânia), Universidade de Toliara (Madagáscar), Universidade Seychelles (Seychelles), Universidade de Comores (Comores) e a Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique).

Documentos de Candidatura

Os documentos solicitados no acto da candidatura são mencionados a seguir:

– Certificado de habilitações que confere o grau de Licenciatura nas áreas afins;

– Certificado de cadeiras/disciplinas feitas;

– Uma cartar de recomendação;

– Uma carta da entidade empregadora autorizando a realização de estudos de pós-graduação (se aplicável);

– Curriculum vitae actualizado e assinado;

– Comprovativo de fonte de financiamento (se aplicável);

– Proposta de projecto de pesquisa/investigação.

Duração do curso

O curso de Mestrado em Pescarias Sustentáveis tem a duração de dois (2) anos, dividido em duas partes, nomeadamente: Parte I – o primeiro ano, que corresponde a parte lectiva do curso com 60 créditos; e Parte II – o segundo ano do curso, que corresponde ao projecto e a respectiva Dissertação, com 60 créditos.

Idioma

Português.

Regime de estudo

O curso é oferecido no modelo híbrido, em regime presencial e no período diurno.

Horário

O horário compreende das 7h00 – 10h00.

Local

Escola Superior de Ciências Marinhas e Costeiras, Quelimane.

Período de inscrição

As chamadas para submissão de candidaturas tem acontecido geralmente em meados de cada ano (Agosto e Setembro). A fase de apuramento e entrevistas é realizada no 1º mês de cada ano (Janeiro).

Matrículas e Propinas

Matrícula: 750,00 MZN (Setecentos e cinquenta meticais),

Propinas: 8.500,00 MZN (Oito mil e quinhentos meticais) por mês.

Contacto do Coordenador

Tel. ESCMC: (+258) 823056104

E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Preserve os direitos do autor. !!